Como treinar a escuta em cada nível de proficiência | The Natural Language Institute

Como dominar um idioma para a vida inteira

BLOG

Como treinar a escuta em cada nível de proficiência

By Victor - 15/apr/2021 #Línguas e Educação

Se você tiver lido os dois posts anteriores, você sabe que a compreensão auditiva é a habilidade linguística que deve ser priorizada, e também a mais fácil de praticar, e você tem 8 recomendações de ótimas fontes de conteúdo.

Agora, eu gostaria de lhe oferecer um plano geral para treinar a escuta de acordo com o seu nível de proficiência.

Apenas iniciando

Se o seu idioma alvo for suficientemente parecido com uma língua que você já fala, e você consegue compreender pelo menos uma palavra a cada duas ou três frases que ouvir, você pode pular para a próxima seção voltada para nível básico.

No entanto, se você estiver abordando uma língua nova, totalmente diferente de que qualquer outra que você já domina, você deve primeiro aprender o significado e pronúncia de pelo menos 300 das palavras mais frequentes naquele idioma. Diga-me qual idioma você pretende aprender, e eu lhe ajudarei com esse primeiro passo.

Ao mesmo tempo, você pode, se quiser, assistir programas no YouTube voltados para a primeira infância. As criancinhas estão aprendendo o idioma tal como você, então esses programas fornecem pistas visuais e contextuais suficientes para que você comece a pinçar novo vocabulário enquanto assiste. Um exemplo que eu utilizei quando fazia uma experiência com o mandarim foi o Qiao Hu. Repare como você consegue aprender as cores assistindo este vídeo, a partir do minute 2:08. Aprendi os números, alguns caracteres chineses, e diversas outras palavras, dessa mesma maneira.

Nível básico

Uma vez que você tiver aprendido algumas centenas de palavras frequentes, você poderá começar a treinar a compreensão auditiva para valer. Seguem as minhas três principais recomendações para o nível básico:

  1. Músicas

A melhor fonte para iniciantes é a música, cujo uso para treinar a compreensão auditiva eu detalhei no post anterior. Estude a letra e escute uma música repetidas vezes, até internalizá-la e conseguir cantar junto.

Contudo, para esse método ser altamente eficiente, você vai precisar da ajuda de um professor ou um nativo para encontrar músicas cuja letra atenda aos seguintes critérios:

  • A letra é simples e bem redigida.
  • Inclui muitas palavras de uso cotidiano.
  • Não inclui muita gíria ou expressões regionais, e sim a forma padronizada da língua.
  • Conta uma história ou comunica uma mensagem coerente.

Eu posso lhe ajudar com músicas em inglês, espanhol, português e francês que atendam a esses critérios.

  1. Vídeos produzidos para crianças

Se você conhece a Vila Sésamo ou o Sítio do Pica-Pau Amarelo, sabe a que tipo de vídeo estou me referindo.

Vídeos infantis de qualidade podem ser suficientemente divertidos para que estudantes adultos motivados consigam assisti-los, e são concebidos para serem altamente educacionais e cativantes, auxiliando, desse modo, na aquisição linguística.

Fazendo a ligação entre essa recomendação e a anterior, você pode encontrar inumeráveis vídeos musicais com letras no YouTube. Você pode assistir vídeos de musicais adultas cujas letras atendam aos critérios mencionados acima ou, melhor ainda, selecionar músicas infantis.

O melhor recurso que eu conheço para iniciantes aprenderem o português brasileiro tem essa combinação exata de melodias que ficam o dia inteiro na cabeça, letras infantis simples e pistas visuais que tornam o conteúdo altamente acessível. Estou falando da Galinha Pintadinha.

  1. Fontes de escuta elaboradas para estudantes de língua estrangeira

Embora eu normalmente não recomende o uso de fontes linguísticas não autênticas (nos quais a linguagem foi adaptada para estudantes de língua estrangeira), pode-se fazer exceções para o nível básico.

Existem incontáveis recursos em diversos idiomas disponíveis na Internet. Um ótimo exemplo é a página de notícias da Voice of America, elaborada para estudantes de inglês como língua estrangeira. Ela é atualizada diariamente, tem uma versão escrita de cada artigo, ensina vocabulário e – o mais importante – é lida lentamente com dicção clara.

Nível intermediário

Uma vez que você tiver alcançado o nível intermediário, suas opções aumentam exponencialmente.

Recomendo abandonar as fontes inautênticas de escuta e começar a selecionar aqueles filmes, séries, fontes de notícias, podcasts, vídeos no Youtube e audiolivros que você ama e que tenham também uma versão escrita que corresponda exatamente ao áudio. Em outras palavras, nesse nível você pode aproveitar a maioria das fontes autênticas, combinando a leitura com a escuta.

Seguem cinco estratégia específicas para um nível intermediário:

  1. Ouça audiolivros juvenis, depois de finalizar ou enquanto você lê o texto.
  2. Assista filmes e séries que:
    1. tenham legendas que correspondem exatamente ao áudio
    2. que você já assistiu antes e adorou – dessa vez sem legendas
    3. que você nunca assistiu antes, sem legendas, mas aceitando que você vai entender apenas a ideia geral, talvez compreendendo somente a metade das palavras que você ouvir.
  3. Selecione podcasts e outras fontes que tenham transcrições ou que sejam sobre temas com os quais você esteja altamente familiarizado.
  4. Continue utilizando músicas para adquirir mais vocabulário (estude sempre a letra).
  5. Lembre-se de que a interação social sempre envolve a escuta, então busque o máximo dessa interação que você puder no seu idioma alvo.

Nível avançado

Agora você consegue ouvir qualquer coisa, e pode deixar que as suas preferências orientam as suas escolhas.

Porém, para ter progresso contínuo, você deve escutar uma variedade ampla de fontes e de temas e se desafiar com conteúdos difíceis. Com as seguintes orientações, você poderá dominar um idioma para a vida inteira por meio da escuta:

  1. Assista filmes e series principalmente no seu idioma alvo, sem legendas, até que você os compreenda tão bem – ou quase tão bem – quanto na sua língua materna.
  2. Ouça audiolivros sobre temas que lhe interessam. Com tempo, você deve alcançar uma compreensão perfeita sem ter lido o texto antes.
  3. Ouça as notícias, podcasts e música no seu idioma alvo, em vez do seu idioma nativo, o máximo possível, até que você compreenda tudo – e depois continue ouvindo-os o suficiente para manter esse domínio.
  4. Faça da interação social com nativos uma parte permanente da sua vida social, o que manterá as suas habilidades de escuta e de fala bem afiadas.

Espero que agora você tenha muita motivação, ideias e um plano geral para dominar um idioma por meio da escuta.

Share:

See other blog posts